quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Dica do dia: A São Paulo abandonada





Todo santo sábado de madrugada, quando a cidade ainda acorda, o fotógrafo paulistano de 34 anos percorre os mais escondidos cantos de São Paulo em busca de ruínas, sujeira, abandono, degradação. São tijolos desgastados, reboco caindo, janelas quebradas. Esqueletos de concreto. Imóveis com janelas eternamente fechadas. Memórias simplesmente esquecidas.

Ainda assim, Douglas (Nascimento) e sua diminuta Lumix FV28 registram tudo, fotografam todos os detalhes, anotam os mais discretos contornos. E, no final das contas, dão sentido para algo em que ninguém mais repara. Douglas é editor de um site chamado São Paulo Abandonada, espécie de canal virtual de fiscalização que ele criou em janeiro para inventariar e preservar o que restou do patrimônio paulistano.

Photobucket

De acordo com matéria de Rodrigo Brancatelli para o Estado de São Paulo, 120 endereços já foram fotografados por Douglas, sempre nas primeiras horas de sábado - horário em que, segundo ele, vagabundo e criminoso não estão acordados. Inspirado em iniciativa semelhante adotada em Lisboa, Portugal, o fotógrafo é auxiliado pela historiadora Glaucia Garcia de Carvalho, que ajuda a levantar a memória do endereço.

A foto acima é do Hotel Pão de Açucar, localizado no número 314 da rua Conselheiro Nébias, esquina com a rua Vitória, na parte da capital paulista conhecida como Cracolândia. Região decadente que levou o estabelecimento a fechar suas portas há alguns anos.


Dica do dia. Todas as segundas, quartas e sextas sugerindo algo.


Via Jornalismo nas Américas.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Que bom que neste post algo lhe despertou a vontade de deixar um comentário.

Elogios, críticas e sugestões são sempre bem vindas. Só mantenha a elegância no uso das palavras, ok?